Escolha uma Página

O Instituto Brasileiro de Estatística Geográfica (IBGE) divulgou crescimento do Censo Agropecuário. O desenvolvimento é de 5%, tendo um total de 350 milhões de hectares. Estes dados são resultantes das pessoas que moram e trabalham no campo.

Foram cinco meses de pesquisa e mais de 19 mil recenseadores em campo para visitar as propriedades rurais de todo o país. O IBGE identificou o novo cenário do Brasil rural: a área destinada a agricultura e pecuária cresceu 5% no país. São 350 milhões de hectares.

A expansão foi maior na fronteira agrícola da região Norte do país. O Brasil tem cinco milhões de propriedades rurais, 2% a menos do que no último Censo. O motivo do crescimento está relacionado ao aumento dos equipamentos e tecnologias no campo, hoje são mais de 1.7 mil equipamentos no campo agropecuário brasileiro. Por outro lado, a mecanização perdeu 1,5 milhão de postos de trabalho rural.

O Censo Agropecuário também traz o número de animais no país. O rebanho bovino caiu 2,8%. Já a suinocultura cresceu 25,6%. O setor de aves teve o maior crescimento: 27%. A região nordeste foi a única que registrou queda na agropecuária, devido a seca dos últimos 5 anos.